Ongs se unem contra o desperdício de alimentos e ajudam mulheres transexuais

0
Ação neste domingo (19) vai distribuir refeições e kits de beleza e higiene na Praça Carlos Gomes. [foto: divulgação]

Ação neste domingo (19) vai distribuir refeições e kits de beleza e higiene na Praça Carlos Gomes. [foto: divulgação]

Cerca de 100 mulheres transexuais do TransGrupo Marcela Prado serão beneficiadas com uma ação que será realizada neste domingo (19) na Praça Carlos Gomes, em Curitiba. Será um evento que terá a distribuição de refeições e produtos de beleza e higiene para aquelas que vivem em situação de vulnerabilidade social.

A ação tem o objetivo de “combater o desperdício de alimentos para ajudar pessoas que estão à margem da sociedade, que buscam a aceitação e reconhecimento da população”, explica Gabrielle Mahamud, do Good Truck, uma das ongs que organizam o evento. Ela se uniu ao projeto Gastronomitva, que busca a profissionalização de pessoas de baixa renda através da gastronomia.

O preparo dos alimentos para as convidadas, mulheres transexuais e travestis, será realizado a partir deste sábado, às 10h, e no domingo, das 10h às 12h, em uma cozinha especial na rua Jacarezinho, 1112, Mercês. Logo depois, domingo às 12h, o Jhow Burger (truck parceiro) será abastecido com os pratos e vai até a praça Carlos Gomes servir as pessoas. Será um almoço especial das 13h às 14h.

Além de servir a refeição e distribuir os kits de higiene e beleza, Gabrielle e os parceiros do projeto irão fazer “palestras de conscientização e explicativas sobre as necessidades que estas pessoas passam e o que precisam fazer para deixarem de viver às margens da sociedade”, completa a organizadora.

Esta é a segunda ação que o Good Truck promove em Curitiba. A primeira, no mês passado, ocorreu no bairro da Caximba, onde antes funcionava o aterro sanitário da capital. Lá, as mulheres e crianças que vivem em uma área de risco também receberam um evento semelhante. Já o Gastromotiva é um projeto fundado pelo chef curitibano David Hertz, que conduz o Movimento Global da Gastronomia Social no Brasil e no mundo nos últimos 10 anos. A Gastromotiva visa a transformação social por meio da gastronomia, ao capacitar jovens de baixa renda em cursos profissionalizantes na área e os inserir no mercado de trabalho, com o apoio de restaurantes e empresas parceiras. O projeto já formou mais de dois mil e quinhentos alunos em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e na Cidade do México.

A ação para o TransGrupo Marcela Prado é neste domingo, a partir das 13h, na Praça Carlos Gomes. Quem quiser ajudar ou participar, pode entrar em contato com a Gabrielle Mahamud pelo telefone 41 99585-4018.

Comentários do Facebook
Compartilhe

Autor

é jornalista especializado em gastronomia e cultura, publisher do site MinhaGula.com.br e colunista das revistas Dimensão e Aeroporto.

Comentários