Paris é aqui, com croissants, cafés e até taças de sorvetes cheias de confeitos

0
O Café du Centre se propõe a ser uma autêntica cafeteria francesa no melhor estilo 'slow food'. (foto: divulgação)

O Café du Centre se propõe a ser uma autêntica cafeteria francesa no melhor estilo ‘slow food’. (foto: divulgação)

A longa fila na porta do Café du Centre é capaz de espantar até o mais paciente dos clientes que tentam provar os sabores servidos ali. Mas, se dê uma chance para conhecer a loja aberta há quase 10 meses na rua Francisco Rocha, no Batel. A espera de quase meia hora com certeza será muito recompensada!

A rede catarinense chegou por aqui pelas do médico Felipe Prybicz, que conheceu o Café du Centre em uma viagem com a esposa a Balneário Camboriú em 2015. Ambos já tinham a ideia de abrir uma franquia de alguma coisa, para diversificar as atividades. É o que dizem, a gastronomia conquista a todos!

No caso dele, a decoração em estilo provençal chamou a atenção principalmente por causa da mãe dele, a dona Ervina Prybicz. “Eu entrei na loja de lá, fiquei fascinado, e já imaginei o quanto a minha mãe iria gostar de ter um lugar assim”, explica Felipe, que presenteou a matriarca com a franquia.

Apesar de a rede não querer ser destaca pelas taças confeitadas, são elas que mais chamam a atenção. A Taça Curitiba é uma das mais pedidas. (foto: Guilherme Grandi)

Apesar de a rede não querer ser destaca pelas taças confeitadas, são elas que mais chamam a atenção. A Taça Curitiba é uma das mais pedidas. (foto: Guilherme Grandi)

Não à toa, Ervina é uma confeiteira de mão cheia que recebeu a reportagem do MinhaGula.com.br entre dezenas de comandas em uma tarde chuvosa de meio de semana. Sim, o Café du Centre de Curitiba tem muito movimento até mesmo nos dias úteis! “Aqui eu me realizo, amo preparar os croissants e os doces”, conta Ervina se referindo às taças confeitadas que viraram moda no verão do ano passado e continuaram ao longo da última temporada.

Embora Felipe goste de frisar que o Café du Centre é uma cafeteria francesa que até serve as taças açucaradas, não tem como não deixar de lado esta vocação. “A rede já servia estas taças antes de virar moda”, diz ele ao se referir às sorveterias curitibanas que possuem a sobremesa em seus cardápios. Pelo sim, pelo não, são sete opções a partir de R$ 30, como a de paçoquinha com sorvete de chocolate branco, morangos, Nutella, calda de caramelo e Kit Kat.

Apesar de servir exatamente o mesmo cardápio da matriz da rede, o Café du Centre daqui possui uma exclusividade: a Taça Curitiba (R$ 40). A mais cara é também a mais confeitada: leva sorvete de chocolate branco, brigadeiro belga branco e ao leite, bombons Rafaello, Ferrero Rocher, Kinder Ovo, Kinder Bueno, Kinder chocolate e raspas de chocolate belga. Dica 1: uma garrafinha de água com ou sem gás (R$ 4,50) acompanha bem. Dica 2: compartilhe a sua taça com seu acompanhante, pois ela é realmente muito bem servida!

Os saborosos croissants facilmente remetem à Paris. (foto: Guilherme Grandi)

Os saborosos croissants facilmente remetem à Paris. (foto: Guilherme Grandi)

Já os pratos típicos de cafeterias francesas acabam ficando em segundo plano, o que é uma injustiça. Os croissants, por exemplo, são preparados diariamente e facilmente remetem às cafeterias de Saint-Germain-des-Prés, em Paris. O simples, sem recheio, custa R$ 7. Mas, experimente os recheados com presunto Parma e queijo brie (R$ 16,50) e o de Parma, gorgonzola, figos e mel (R$ 18). O contraste de sabores entre eles vai estimular as suas papilas gustativas!

Para acompanhar os croissants, o Café du Centre serve diversos preparos de cafés com um blend elaborado pela cafeeira paulista Café do Centro. Os ‘espressos’ saem a partir de R$ 4,50. Há também o Ice Cappuccino (R$ 14,90), com o tradicional cappuccino com chantilly, e o Ice Imperial Caffé (R$ 16,90), com café espresso, sorvete de creme e leite condensado. Ambos levam um maço de algodão doce em cima, que dá uma certa leveza à bebida.

O cardápio do Café du Centre vai além disso, com outras opções de salgados, cafés, sucos e champagnes (até mesmo a Veuve Clicquot está ali a R$ 450) estampadas como se fosse um álbum de fotografias de família.

Entre os preparados com café estão o Ice Imperial e o Ice Cappuccino, que vêm com um maço de algodão doce em cima. (foto: Guilherme Grandi)

Entre os preparados com café estão o Ice Imperial e o Ice Cappuccino, que vêm com um maço de algodão doce em cima. (foto: Guilherme Grandi)

Uma dica para você não precisar esperar muito para conhecer o Café du Centre é: chegue logo depois do almoço ou após às 19h. Neste meio tempo, os 50 lugares disponíveis enchem rapidamente com muita razão!

Serviço:
Café du Centre
Rua Francisco Rocha, 643, Batel
Horário de atendimento: terça a domingo, das 14h30 às 20h30.
Possui valet parking a R$ 8.
41 3044-5566

Comentários do Facebook
Compartilhe

Autor

é jornalista especializado em gastronomia e cultura, publisher do site MinhaGula.com.br e colunista das revistas Dimensão e Aeroporto.

Comentários