Primeiro Ice Bar fixo do país abre ao público nesta quinta (27) em Curitiba

0
Entrada no local custará R$ 35 com direito a doses grátis de vodka, para esquentar o corpo. (foto: Guilherme Grandi)

Entrada no local custará R$ 35 com direito a doses grátis de vodka, para esquentar o corpo. (foto: Guilherme Grandi)

A expectativa é grande pela abertura do primeiro bar de gelo do país nesta quinta-feira (27) no Shopping Total, na região sul de Curitiba. A julgar pela pré-inauguração, ocorrida na terça para convidados, os 365 dias em que o local ficará aberto devem ser de muito movimento de pessoas curiosas por uma experiência a -10 graus.

O Ice Bar da capital paranaense é o primeiro fixo no país, que costuma ter versões temporárias sazonais em Gramado, Porto Alegre e Rio de Janeiro. Já o de Puerto Iguazu, na fronteira da Argentina com o Brasil, é fixo e abre o ano todo.

Em Curitiba, a abertura foi uma parceria da marca com uma grande cervejaria nacional, e viabilizada no Shopping Total “pelo potencial de público na zona sul da capital”, como explica o sócio e gerente do bar, Paulo Campos. Segundo ele, o valor de R$ 35 para permanecer por apenas 20 minutos lá dentro “condiz com o que é oferecido, com quantas doses quiser de bebidas preparadas com sucos e vodkas”.

São 40 metros quadrados de bar, onde tudo vira diversão para fotos e selfies. (foto: Guilherme Grandi)

São 40 metros quadrados de bar, onde tudo vira diversão para fotos e selfies. (foto: Guilherme Grandi)

O bar ocupa o espaço de duas lojas do shopping, em torno de 40 metros quadrados, pode receber de 12 a 16 pessoas simultaneamente, e é inteiramente feito de blocos de gelo. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 800 mil para a implantação do Ice Bar Curitiba. São 16 toneladas de gelo mantidas resfriadas o tempo todo, inclusive as mesas, poltronas (com um assento felpudo para conseguir sentar), balcão e copos onde são servidas as bebidas. Lá dentro, apenas os preparos de sucos (laranja, limão, abacaxi e melancia) com vodka são grátis. Já os shots de whisky Jack Daniel’s com mel e de tequila El Jimador custam R$ 15, e o chocolate quente sai a R$ 10. Por outro lado, as cervejas e chopes da marca patrocinadora só podem ser degustadas do lado de fora, que congelariam dentro do Ice Bar.

As bebidas, tanto alcoólicas como quentes, ajudam a manter o corpo aquecido depois que o calor se esvai mesmo com a jaqueta térmica e a luva. Aliás, para conseguir pegar os copos de gelo, só mesmo com a proteção nas mãos, ou você corre o risco de queimar seus dedos por causa do frio. A experiência de ir ao Ice Bar é prazerosa apenas nos primeiros 10 minutos de permanência, enquanto o corpo ainda está aquecido com o calor de fora. Depois disso, o frio começa a tomar conta.

Para quem gosta de registrar o momento, vai ter um pouco de dificuldade em tirar e postar selfies. Primeiro por causa da luva, necessária, que impede o toque na tela do smartphone. E segundo pela falta de wi-fi e do pouco sinal de celular que consegue passar pelas grossas paredes. O jeito é curtir o momento e postar depois, “assim o cliente pode aproveitar toda a experiência gelada do Ice Bar”, completa o sócio e gerente Paulo Campos.

O Ice Bar abre todos dias desde o fim da manhã até o fechamento do shopping. (foto: Guilherme Grandi)

O Ice Bar abre todos dias desde o fim da manhã até o fechamento do shopping. (foto: Guilherme Grandi)

A previsão é de que o Ice Bar fique aberto em Curitiba por um ano.

Serviço:
Ice Bar Curitiba, no Shopping Total
Rua Itacolomi, 292 – setor verde, Portão
Horários de atendimento: segunda a sexta, das 16h às 22h. Sábado, domingo e feriado, das 12h às 22h.
Ingressos a R$ 35.
41 3025-7000

Comentários do Facebook
Compartilhe

Autor

é jornalista especializado em gastronomia e cultura, publisher do site MinhaGula.com.br e colunista das revistas Dimensão e Aeroporto.

Comentários